next »
Stop crying your heart out

Quando vou ver, já contei minha vida pra primeira pessoa que me deu um pouco de atenção. Já tô rindo alto no restaurante porque não me controlei e fiquei feliz demais. Já escrevi um texto sobre o fulaninho da terça passada… E quando vou ver, lá se foi a mulher misteriosa que eu gostaria tanto de ser. Porque eu jamais poderia ser uma. Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina… E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar… Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil…e choro também. Tati Bernardi

Por um mundo com mais abraço apertado e menos beijinho no ombro.

Clarissa Corrêa.  (via inverbos)

(Source: alentador, via inverbos)






358

Se você for me leve contigo?

Fabrício Bernardo.   (via lettres-a-paris)

(Source: potencias, via lettres-a-paris)



282
abrateusolhos:

 


25


Você merece tanta felicidade, sabe? Merece ir dormir na tranquilidade e acordar com um sorriso porque está vivendo a melhor época da sua vida. Você merece pessoas verdadeiras, amigos mais próximos e gente desinteressada. Você merece leveza na alma e paz no espírito. Você merece tudo isso de verdade e rezo por você todas as noites, rezo para que tudo isso aconteça logo.

Cartas para Julieta.  (via inverbos)

(Source: citografou, via inverbos)


— E essa saudade?
— Tira do bolso e esquece por aí.

Caio Augusto Leite. (via roubavel)

(Source: ventodemaio, via soodreamy)


Preciso parar de conversar com você,
pois fica sempre esse clima no ar.
Clima de poema por fazer, de calor pra dar,
de sonho, de prazer. Fica essa vontade de te amar até morrer.

Caio Augusto Leite.   (via inverbos)

(Source: embriagar-se, via inverbos)